23 de agosto de 2012

Solitude

Foto via Google
Quem é capaz de viver 24hs cercado de pessoas, vozes e emoções? Compartilhar todos os momentos de raiva, euforia, tristeza, dividir até os pensamentos? Todos nós precisamos de isolamento momentâneo, um tempo para curtirmos nossa própria companhia, colocar as coisas em ordem e o prazer de minutos em silencio. Isto se chama solitude.
Nada tem a ver com a solidão, nem mesmo com frieza. Fazemos porque precisamos da reflexão, assim como Jesus, segundo uma citação da bíblia. Solitude é a simples necessidade de estar só e desta necessidade partem muitas decisões importantes, inspirações e autoanálises. Solidão é estar sozinho sem querer, é carregar a tristeza dentro do coração.
Vou confessar que utilizei da Wikipédia para entender mais sobre esta característica humana que trabalha nosso espiritual, um trabalho pessoal e intransferível. Encontrei um trecho que pode resumir meu ponto de vista: “A melhor companhia para qualquer indivíduo é ele mesmo, o indivíduo que está só e em paz consigo mesmo, que é capaz de fechar os olhos e se sentir completo sem a tal "cara metade" (que na verdade não existe), isso é viver em solitude.”
É com esta definição que encerro meu texto, mas não o raciocínio, quantas vezes meus caros amigos, já se acolheram em suas solitudes?

Créditos: O autor do trecho citado a cima é Roberto Duarte e foi retirado de uma pesquisa feita no google.

9 comentários:

  1. Congratulations *-* ótimo texto minha linda ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá Vanessa!

    Amei suas palavras. Breves, porém completas! Eu não sabia que a essa "solidão" dava-se o nome de solicitude. :)

    Eu sempre me recolho e na verdade vivencio uma fase dessas em que a melhor companhia é a minha. Claro que não de forma permanente, pois precisamos socializar também. Não faz muito tempo que escrevi "a crônica da solidão" e tentei colocar exatamente isso que você trouxe neste texto. A solidão de uma forma saudável. Agora vejo que minha crônica fala, na verdade, da solitude.

    Bom se puder dá uma olhadinha lá e vê o que você acha.
    Um grande abraço e parabéns, você se expressa muito bem! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lidi, muita gente não sabe. No entanto, o mais importante é saber que existe um limite entre solitude e solidão e é preciso controlar, pra que o nos faz bem não se transforme no mau.
      Vou dar uma olhadinha flor, beijos.

      Excluir
  3. Oi Vanessa!!!
    Passei pra deixar um beijo, te desejar um lindo final de semana!!


    Planeta da Blogueira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vanda, um ótimo final de semana pra você também.

      Excluir
  4. Eu curto mto meu momentos comigo mesma e não acho que esteja só. Estou curtindo a minha companhia, ouvindo o meu silêncio e falando comigo mesma.
    A solidão tem seus encantos, sua poesia, sua magia e eu amo isso.

    Um bjo, Vanessa, tem capítulo novo da história da MS no blog.
    http://patymichele.blogspot.com.br/2012/08/a-historia-secreta-da-mulher-so-e-do.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha eu já li flor assim que saiu, como perder?
      Verdade Paty, até a solitude tem sua magia.
      Beijos querida.

      Excluir
  5. Parabéns minha amiga, pela bela postagem, linda! Todos nós precisamos de solitude de vez em quando....Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei o blog e já estou seguindo,beijos


    http://www.maquiagemeesmalte.com.br/

    ResponderExcluir

Comente, você também faz parte deste blog. Divina Feminilidade agradece seu carinho.