15 de julho de 2012

Melhorar: sempre.

A alguns dias atrás, li no blog da Fernanda Reali um breve comentário sobre uma lista de 50 escolhas inteligentes para abrir seus caminhos, divulgada no site da revista Claudia. Curiosa que sou, fui conferir tal lista e simplesmente adorei, creio que todas as pessoas deveriam tentar pelo menos aderir a alguns tópicos dali. Me identifiquei com várias ações e fiz minha lista, do que faço hoje em dia e do que quero um dia conseguir fazer.

  Faço todos os dias:
  •  Intuir
    Dê ouvidos a sua intuição: ela nada mais é do que a memória meio enevoada das suas experiências emocionais anteriores, daquilo que você já viveu, sentiu, conheceu. Por isso costuma funcionar tão bem.
  •  Assumir suas escolhas
    “Aprenda a escolher e a se responsabilizar por suas decisões”, diz a psicóloga e terapeuta sexual Ana Canosa. “Nada atrapalha tanto o amadurecimento pessoal quanto responsabilizar o outro pelo que deu errado.” Avalie suas opções e reflita antes – mas decida!
  •  Aliar-se a outras mulheres
    Tenha amigas com quem possa desfrutar intimidade, buscar consolo, compartilhar experiências e aprendizados. Não cultive a rivalidade feminina, tão estimulada pela cultura, e opte por vínculos verdadeiros. Você perceberá que todas passamos por apuros semelhantes e poderá fazer grandes descobertas.
  • Ter opinião
    Nada é mais triste do que conversar com alguém que não tem o que dizer. A repetição de frases feitas ou de ideias onipresentes na mídia não prende a atenção de ninguém. Permita-se exprimir o que genuinamente pensa, mesmo que vá na contramão do senso comum. Assim você despertará mais atenção, até no trabalho.
  •  Arriscar-se
    Pode ser em pequenas coisas do dia a dia, como pedir um prato novo no restaurante, ou no trabalho, ao assumir uma tarefa nova. Independentemente do resultado, a gratificação será a coragem de experimentar. Dispense o mediano, que anda de mãos dadas com a mediocridade. Torne sua biografia mais interessante.
  •  Cercar-se da diversidade
    Cada amigo é um universo que se apresenta ao nosso contato. O diferente é interessante, pois expõe um novo ângulo para enxergar os fatos da vida. Amigos de todas as idades, crenças, etnias e profissões só nos enriquecem.
  •  Ser frágil
    Se não assumimos nossas fraquezas abertamente, por receio da exposição, ficamos com a falsa impressão de que esses sentimentos são feios e apenas nossos. Começamos a nos sentir inferiores. Pode ser o contrário. Ao deixarmos de lado a fantasia de super-heroínas, readquirimos a beleza do humano.
Tento adicionar aos meus dias:
  •  Fazer mais amigos
    Não sabe como? Ou é muito tímida para puxar conversa na academia? Considere a possibilidade de se matricular em um curso diferente, como gastronomia, degustação de vinhos ou cerâmica.
  •  Valorizar a autoestima
    O psicólogo Ailton Amélio da Silva sugere fazer uma lista dos próprios méritos para, depois, ler e refletir sobre eles várias vezes por dia. Que tal também rever aquelas conclusões pessimistas que você tirou a seu respeito no passado? É bastante provável que a maioria delas não tenha se concretizado.
  •  também dizer não
    Se este ainda não é o seu mantra, comece a repetir já: “Tenho que dizer não para tudo o que me agrida ou faça com que me sinta subjugada”. Seja menos dramática e chorosa, lutando por seus direitos de maneira focada e objetiva. Deixe o drama para os momentos realmente dolorosos.
  •  Renovar
    Tente ser uma pessoa aberta ao novo e ao diferente; não use sempre o mesmo “mapa” para ir de um ponto a outro na vida. Abra seus horizontes. Isso diz respeito a parceiros também. Se o atual não a satisfaz em algum aspecto, seja honesta consigo mesma e conquiste coragem para trocar
  •  Mexer-se
    Pare de buscar métodos milagrosos ou instantâneos para manter a forma e exercite-se! Escolha uma atividade que lhe dê prazer. Pode ser dançar (mesmo sozinha, em casa, desde que com constância e assiduidade, 30 minutos diários, por exemplo). Prefere caminhar, mas tem preguiça? Recrute um amigo. Arrume um cachorro. Mas vá!
  •  Comemorar
    Festeje cada conquista de sua vida, recordando todo o esforço que empenhou. Monte uma caixa com objetos, recortes ou lembranças das vitórias e olhe sempre – especialmente quando tudo parece cinza.
  •  Rejeitar as fofocas
    É certo que fica mais difícil quando o nome que está na roda é o seu. Mas lembre-se de que os fuxicos costumam vir principalmente de pessoas em momento de pouca riqueza interior (para ser sutil...). Deixe-as falar e ocupe-se de outras coisas.
  •  Dar-se um presente
    Seja carinhosa com você mesma, oferecendo-se momentos de calor e bem-estar. Ao comprar para si algo que adorou, peça à vendedora para embrulhar para presente e abra como se fosse uma surpresa.
  •  Pôr os pés no chão
    Sonhar é bom quando nos ancoramos no real, construindo estruturas sólidas para realizar. Caso contrário, gerará frustração, ou seja, expectativas não realizadas. Brad Pitt pode até ser seu homem ideal, mas busque modelos mais próximos do seu círculo de convivência se quiser de fato ter um parceiro.
  •  Desconectar
    Tenha momentos sagrados para estar com as pessoas que ama: desligue-se da tecnologia e do movimento urbano. Se puder, desfrute o contato com a natureza, que pode devolver equilíbrio ao corpo e à mente e, ainda, acender o instinto sexual.

    Então é isso gente, confiram a lista completa aqui e por favor me digam, "o que gostariam de aderir para ter uma vida melhor?" Porque sempre queremos melhorar, na verdade devemos sempre melhorar, por uma vida inteligente. Quero respostas, rsrs. Beijos.

10 comentários:

  1. Estes "conselhos" são muito bons. Se todo mundo procurasse segui-los, talvez o mundo ficasse melhor.

    ResponderExcluir
  2. De cara, olhando suas listas, já vi duas coisas difíceis:
    Arriscar-se - pq sou capricorniana e tenho que ter segurança pra ser feliz. Arriscando-me posso perder essa segurança, entendeu?
    Desconectar-se - essa não preciso nem explicar, é quase impossível manter-me longe de um computador.

    bjão, Vanessa, vou conferir a lista toda!

    ResponderExcluir
  3. Para abrir meus caminhos,
    tenho sempre minha penca de chaves à mão.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de poder dizer que sigo, mas infelizmente, não é bem assim.
    Tenho um mal muito grande chamado desestímulo. Só levanto para coisas imprescindíveis, não consigo ser forte...:(
    Admiro quem consegue.

    Bjoks

    ResponderExcluir
  5. Adorei! Já marquei alguns tópicos também, rsrsrs! No início de minha postagem há um selo pelo dia do amigo!
    Por favor aceite-o! É de coração!
    Feliz Dia do Amigo (meio atrasadinho)!
    Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Vanessa

    de tudo acho que estar aberto ao novo é o mais importante, é esta abertura que abrirá a porta para todas as outras coisas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Lista perfect,mas fico com um pé atrás na hora de arriscar.

    http://joicy-santos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Amiga querida, tem post comemorativo no blog, ficarei mega-ultra feliz se você participar, te aguardo com carinho =))

    www.planetadablogueira.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, querida
    Fazer mais amigos e viver rodeada de esperança e alegria... uma bela opção!!!
    DEUS te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
    Bjs festivos de paz

    ResponderExcluir
  10. Passando por aqui pra te deixar um beijo!!!
    Saudades parceira =)

    ResponderExcluir

Comente, você também faz parte deste blog. Divina Feminilidade agradece seu carinho.